Notícias
www.life-sip.com.br | Termos Tecnologia VOIP | www.life-sip.com.br
central pabx ip, pabx ip, pbx ip, central pbx ip, central pabx, central ip, voip, telefonia ip, call center voip
14461
post-template-default,single,single-post,postid-14461,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive

Termos Tecnologia Voip

17:03 31 julho in Notícias
0 Comments

Termos e definições sobre VOIP

Que tipos diferentes de CODECs existem?

Um Codec converte sinais analógicos em sinais digitais para transmissão de dados na rede. Actualmente, são utilizados os seguintes Codecs:

  • GSM – 13 Kbps (full rate), quadros de 20ms
  • iLBC – 15Kbps, quadros de 20ms: 13.3 Kbps, quadros de 30ms
  • ITU G.711 – 64 Kbps, baseado em amostra. Também conhecido por alaw/ulaw
  • ITU G.722 – 48/56/64 Kbps
  • ITU G.723.1 – 5.3/6.3 Kbps, quadros de 30ms
  • ITU G.726 – 16/24/32/40 Kbps
  • ITU G.728 – 16 Kbps
  • ITU G.729 – 8 Kbps, quadros de 10ms
  • Speex – 2.15 to 44.2 Kbps
  • LPC10 – 2.5 Kbps
  • DoD CELP – 4.8 Kbps

O que é cancelamento de ECO?

O cancelamento de ECO é o processo de remoção do eco de uma comunicação de voz para melhorar a qualidade da voz na ligação. O cancelamento de eco é geralmente necessário porque as técnicas de compressão de voz e atraso no processo de empacotamento geram eco. Há 2 tipos de eco: eco acústico e eco híbrido.
O cancelamento de eco não só melhora a qualidade da chamada como reduz o consumo da largura de banda devido a sua técnica de supressão de silêncio.

O que significa ENUM?

ENUM significa em inglês Telephone Number Mapping (Mapeamento de Números de Telefone). Esta abreviação esconde em si uma óptima idéia: ser alcançável em qualquer lugar do mundo com o mesmo número de telefone – e com o melhor e mais barato reencaminhamento de chamadas. O ENUM conecta um número de telefone a um endereço da Internet que é publicado no sistema DNS. O proprietário de um númeroENUM pode, portanto, publicar para onde uma chamada deve ser reencaminhada através de uma entrada DNS. E mais, diferentes rotas podem ser determinadas para diferentes tipos de chamadas – por exemplo, você pode determinar um reencaminhamento diferente se a chamada vier de um fax. O ENUM necessita do número de onde a chamada se origina para operar.
O número do ENUM é registrado de modo semelhante ao registro de um domínio. No momento, muitos registradores e provedores VoIP estão fornecendo este serviço de graça.
O ENUM é um padrão novo e ainda não muito divulgado. Apesar de parecer estar pronto para causar uma nova revolução nas comunicações e mobilidade pessoal.

Como funciona o FAX em ambientes VoIP?

O FAX foi designado para redes analógicas, portanto não funciona bem em redes VoIP. Isso ocorre porque as comunicações com FAX utilizam o sinal de modo diferente da comunicação normal com voz.
Quando a tecnologia VoIP digitaliza e comprime uma comunicação de voz analógica, esta é optimizada para VOZ, não para FAX. Por conseqüência, se um fax é conectado em um adaptador ATA para a rede VoIP, este funcionará, mas é provável que haja problemas durante as transmissões de fax. Se a transmissão tem que ser feita desta forma, assegure-se de que esteja usando o codec G 711, cuja compressão é mínima.
Para fax, você tem as seguintes opções:

  1. O modo mais fácil de operação é conectar o aparelho de fax diretamente à linha telefónica analógica existente e fazer o bypass completo do seu ambiente VoIP.
  2. Substitua o equipamento de fax por um provedor de serviços de fax. Há vários disponíveis a custos muito baixos por mês (mais barato que uma inscrição em linha telefónica)
  3. Adote o T38, que requer um gateway e um equipamento de fax compatíveis com T38, um cartão de fax ou software de fax.

O que é H323?

O H323 é um conjunto de padrões da ITU-T que define um conjunto de protocolos para o fornecimento de comunicação de áudio e vídeo numa rede de computadores.
O H323 é um protocolo relativamente antigo que está actualmente sendo substituído pelo SIP – Session Initiation Protocol. Uma das vantagens do SIP é ser bem menos complexo e semelhante aos protocolos HTTP / SMTP.
Portanto, a maioria dos equipamentos VoIP disponíveis actualmente seguem o padrão SIP. Os equipamentos de VoIP mais antigos seguem o H 323.

Quais são as vantagens de um IP PBX?

  • Muito mais fácil de instalar e configurar que um sistema de telefonia proprietário
  • Mais fácil de fazer a gestão devido à sua interface de configuração de rede
  • Não há necessidade de fiação telefônica separada
  • Permite o recurso hot-plug para que os utilizadores possam conectar seus telefones de qualquer lugar do escritório – os utilizadores simplesmente levam seus telefones e os conectam na porta ethernet mais próxima, e mantêm o número existente!
  • Permite um roaming mais fácil – as ligações podem ser enviadas a qualquer lugar do mundo devido às características do protocolo SIP
  • Redução significativa de custos pelo uso da Internet
  • O padrão SIP elimina os caros telefones proprietários
  • Bom em pequena ou grande escala
  • Melhores relatórios
  • Melhor visão geral do status do sistema e das chamadas

O que é RTCP – Real Time Transport Control Protocol?

RTCP significa em inglês Real Time Transport Control Protocol (Protocolo de Controle de Transporte em Tempo Real) definido pela RFC 3550. O RTCP funciona juntamente com o RTP. O RTP realiza a entrega dos dados, enquanto o RTCP envia pacotes de controle aos participantes de uma chamada. Sua função principal é fornecer um feedback da qualidade dos serviços oferecidos pelo RTP.

O que é SDP – Session Description Protocol?

SDP significa em inglês Session Description Protocol (Protocolo de Descrição de Sessão) e é um formato para a descrição dos parâmetros de inicialização de mídia streaming . Foi publicado pela IETF como RFC 4566. A mídia streaming é o conteúdo visto ou ouvido durante um envio de dados.

O que é SIP – Session Initiation Protocol?

SIP, que significa em inglês Session Initiation Protocol (Protocolo de Inicialização de Sessão), é um protocolo de sinalização de telefonia IP usado para estabelecer, modificar e finalizar chamadas telefónicas VoIP. O SIP foi desenvolvido pela IETF e publicado como RFC 3261
O SIP descreve a comunicação necessária para estabelecer uma ligação telefónica. Os detalhes são, então, descritos no protocolo SDP.
O SIP tomou a VoIP de uma forma impressionante. O protocolo se assemelha ao HTTP, é baseado em texto, e é bastante aberto e flexível. Portanto, substituiu amplamente o padrão H323.

O que são Métodos SIP / Requerimentos e Respostas?

O SIP utiliza Métodos / requerimentos e Respostas correspondentes para estabelecer uma sessão de chamada.
Requisições SIP:
Há seis requerimentos básicos / tipos de métodos:
INVITE (convidar) = Estabelece uma sessão
ACK (confirmar) = Confirma o comando CONVIDAR
BYE (tchau) = Finaliza uma sessão
CANCEL (cancelar) = Cancela a sessão ainda não respondida
REGISTER (registro) = Informa a localização do utilizador (nome do usuário, IP)
OPTIONS (opções) = Informa a capacidade e disponibilidade dos telefones de chamada e recebimento SIP
Respostas SIP:
Os requerimentos do SIP acionam respostas que constam das 6 classes a seguir:
1xx = respostas de informações, tais como 180, que significa chamando
2xx = respostas de confirmação
3xx = respostas de redirecionamento
4xx = comandos não realizados
5xx = erros do servidor
6xx = erros globais
Observe a semelhança com o HTTP – o SIP é bom pela sua clareza e simplicidade

Pode listar todas as respostas SIP conhecidas?

1xx = respostas de informações

  • 100 Tentando
  • 180 Chamando
  • 181 Chamada sendo encaminhada
  • 182 Fila de espera
  • 183 Progresso da Sessão

2xx = respostas de confirmação

  • 200 OK
  • 202 aceito: Usado para referências

3xx = respostas de redirecionamento

  • 300 Múltipla escolha
  • 301 Movido Permanentemente
  • 302 Movido Temporariamente
  • 305 Use Proxy
  • 380 Serviço Alternativo

4xx = comandos não realizados

  • 400 Requerimento errado
  • 401 Não autorizado: Restrito aos utilizadores registrados. Proxys devem usar proxy autorização 407
  • 402 Necessita Pagamento (Reservado para uso futuro)
  • 403 Proibido
  • 404 Não Encontrado: Utilizador não encontrado
  • 405 Método Não Permitido
  • 406 Não é permitido
  • 407 Necessária Autenticação de Proxy
  • 408 Timeout Pedido: Não foi possível localizar o usuário a tempo
  • 410 Saiu: O utilizador existia, mas não está mais disponível.
  • 413 Pedido de Dados Muito Longo
  • 414 Pedido-URI Muito Longo
  • 415 Tipo de Mídia não Compatível
  • 416 Esquema URI não Compatível
  • 420 Extensão ruim: Erro na extensão utilizada do Protocolo SIP, não compreendida pelo servidor
  • 421 Extensão necessária
  • 423 Intervalo Muito Breve
  • 480 Temporariamente Não Disponível
  • 481 Chamada/Transação Não Existente
  • 482 Loop Detectado
  • 483 Hops Demais
  • 484 Endereço Incompleto
  • 485 Ambíguo
  • 486 Ocupado Aqui
  • 487 Pedido Concluído
  • 488 Não Aceito Aqui
  • 491 Pedido Pendente
  • 493 Indecifrável: Não foi possível decodificar S/MIME

5xx = erros do servidor

  • 500 Erro Interno do Servidor
  • 501 Não Implementado: O método de pedido SIP não está sendo implementado aqui
  • 502 Gateway Ruim
  • 503 Serviço Não Disponível
  • 504 Servidor em Time-out
  • 505 Versão Não Compatível: O servidor não é compatível com essa versão do protocolo SIP
  • 513 Mensagem Muito Longa

6xx = erros globais

  • 600 Ocupado em Todo Lugar
  • 603 Rejeitar
  • 604 Não Existe em Nenhum Lugar
  • 606 Não aceito

Exemplo de uma sessão de Chamada SIP entre 2 telefones

Uma sessão de chamada sip entre 2 telefones ocorre da seguinte forma:

  • O telefone que realiza a chamada envia um convite
  • O telefone que recebe a chamada envia de volta uma resposta de informação 100 – Tentando.
  • Quando o telefone que recebe a chamada começa a tocar, a resposta 180 – Chamando – é enviada de volta
  • Quando quem chama atende, o telefone chamado envia uma resposta 200 – Ok
  • O telefone que realiza a chamada responde com ACK – confirmação do convite
  • A conversação é transmitida como dados via RTP
  • Quando quem chama desliga, a requisição BYE (tchau) é enviada ao telefone chamado
  • O telefone chamado responde com uma resposta 200 – Ok.

É simples assim! O protocolo SIP é lógico e fácil de entender.

O que é um SIP URI?

O SIP URI é o plano de endereçamento SIP que permite que uma pessoa ligue para outra através do SIP. Em outras palavras, SIP URI é o número telefónico SIP de um utilizador. O SIP URI se assemelha a um endereço de e-mail e é escrito da seguinte forma:
SIP URI = sip:x@yort
Onde x=Nome do usuário e y=host (domínio ou IP)
Exemplos:
sip:joe.bloggs@222.222.333.221
sip:support@phonesystem.xxx.com
sip:22444032@phonesystem.xxx.com
O padrão SIP URI foi definido pelo padrão RFC 3261.

O que é um servidor SIP?

Um servidor SIP é o componente principal de um IP PBX e lida com a organização de todas as chamadas SIP na rede. O servidor SIP também é conhecido por Proxy SIP ou SIP Registrar.

O que é um servidor STUN?

O STUN (Simple Traversal of User Datagram Protocol [UDP], por meio da Network Address Translators [NATs]), é um servidor que permite que clientes NAT (ex.: computadores protegidos por firewall) realizem chamadas telefónicas a um provedor VoIP que se encontre fora da rede local.
O servidor STUN permite que os clientes descubram seu endereço público, o tipo de NAT utilizado, e o lado da porta da Internet associada à NAT com uma porta local específica. Essas informações são usadas para permitir a comunicação UDP entre o cliente e o provedor VoIP, e então, estabelecer a chamada. O protocolo STUN é definido pela RFC 3489.
O servidor STUN está ligado à porta UDP 3478. No entanto, o servidor irá sugerir aos clientes que realizem testes em IPs e números de portas alternativos (os servidores STUN têm dois endereços IP). O RFC determina que tanto portas como IPs podem ser usados (de acordo com a preferência do cliente).

O que é DID – Direct Inward Dialing?

DID – Direct Inward Dialing (também conhecido por DDI na Europa) é uma configuração oferecida por companhias telefónicas para serem utilizadas com o sistema PBX de seus clientes, através do qual a companhia telefónica (telco) agrupa um conjunto de números associados com uma ou mais linhas telefónicas.
Tem o propósito de permitir que uma companhia designe um número específico para cada funcionário, sem que cada um precise de uma linha telefónica separada. Desse modo, o tráfico telefónico pode ser dividido e feito a gestão mais facilmente.
Para utilizar o DID é preciso adquirir uma ISDN ou uma linha Digital e pedir a companhia telefónica para determinar um conjunto de números. Após isso, é necessário possuir equipamentos compatíveis com DID como, por exemplo, BRI, cartões E1 ou T1, ou gateways.

O que é FOIP – Fax sobre IP?

FOIP significa Fax sobre IP e refere-se ao processo de envio e recebimento de fax por uma rede VoIP. O fax sobre IP é operado pela T38, exige gateway VoIP e equipamento de fax compatível com T38, cartão de fax ou software de fax.
Os equipamentos de fax multifuncionais modernos são compatíveis com T38.
O software de um servidor de Fax que usa ‘T38’ pode enviar e receber fax directamente pelo gateway VoIP e, portanto, não precisa de nenhum hardware adicional de fax. Actualmente, a maioria dos servidores de fax exigem o uso de um EICON SoftIP licenciado separadamente ou diretórios Cantata FOIP para enviar e receber fax sem hardware de fax.

O que é T38?

O T38 é um protocolo que descreve como enviar um fax por uma rede de dados do computador. O T38 é necessário porque os dados de fax não podem ser enviados por uma rede de dados do computador da mesma forma que uma comunicação de voz.
O T38 é descrito pela RFC 3362 e define como um dispositivo deve comunicar dados de fax. Na figura acima, tanto o gateway quanto o equipamento de fax ligado ao gateway têm que ser compatíveis com T38. Para o equipamento de fax G3 numa linha analógica, esse processo será claro. O equipamento de fax analógico não precisa do T38.

Terminologia relacionada à VoIP

  • VoIP – (Voice over Internet Protocol) Voz sobre IP – também conhecido por Telefonia IP, Telefonia Internet e Telefone Digital) – é a tecnologia que torna possível conversas telefónicas pela Internet ou por uma rede IP.
  • SIP – (Session Initiation Protocol) é um protocolo de aplicação padrão desenvolvido pela IETF MMUSIC Working Group, formulado para iniciar, modificar e finalizar sessões de comunicação interativa entre utilizadores. Inclui elementos multimídia como video, voz, mensagem instantânea, jogos online e realidade virtual.
  • PSTN – (Public Switched Telephone Network) Rede Telefónica Comutada Pública – é a concentração mundial da rede pública de telefonia convencional, da mesma forma que a Internet é a concentração mundial da rede pública de telefonia IP.
  • ISDN – (Integrated Services Digital Network) Rede Digital com Integração de Serviços (RDIS) – é um tipo de sistema de rede de telefonia comutada projetada para transmissão digital (não analógica) de voz e dados através de uma linha telefónica comum, resultando em mais qualidade e mais velocidade do que os sistemas analógicos convencionais.
  • PBX – (Private Branch eXchange ou Private Business eXchange) Central de Telefonia Privada – é um centro de distribuição telefónica pertencente a uma empresa privada que não inclui o fornecimento de serviços ao público em geral.
  • IVR – (Interactive voice response) Resposta de voz interativa – é um sistema computadorizado que permite que uma pessoa, normalmente ligando de um aparelho telefónico, acione um menu de voz e interaja com um sistema computadorizado.
  • DID – (Direct Inward Dialing ou DDI na Europe) é um recurso oferecido por companhias telefónicas para ser utilizado com o sistema PBX de seus clientes, pelo qual a companhia telefónica (telco) distribui uma gama de números conectados ao PBX de seus clientes.
  • RFC – (Request for Comments) Requerimento para Comentários (no plural – RFCs) – é uma série de documentos com informações técnicas detalhadas sobre protocolos da Internet, usados como referência padrão pelos fabricantes de software comercial e não comercial na Internet e comunidades Unix.

Definição de VoIP

Voz sobre IP (também conhecido por VoIP, Telefonia IP e Telefonia Internet) se refere à tecnologia que permite a tramsmissão de sinais de voz pela Internet ou por uma rede privada. Para realizar ligações VoIP, o utilizador precisará de um telefone sip OU um telefone VoIP. As ligações podem ser feitas para qualquer lugar / para qualquer um: tanto para números telefónicos VoIP quanto para pessoas com números telefónicos convencionais.

O que significam os termos FXS e FXO?

FXS e FXO são as portas usadas por linhas de telefonia analógica (também conhecidas por POTS – Sistema de Telefonia Tradicional ).
FXS – Foreign eXchange Subscriber. É a interface que fornece a linha analógica ao assinante. Em outras palavras, é o “plug na parede” que fornece o tom de discagem, corrente de energia e som.
FXO – Foreign eXchange Office. É a interface que recebe a linha analógica. É o plug no telefone ou aparelho de fax, ou o(s) plug(s) no seu sistema de telefonia analógica. Indica se o telefone está no gancho/fora do gancho (circuito fechado). Como a porta FXO está ligada a um dispositivo, tal como fax ou telefone, esse dispositivo é normalmente chamado de ‘dispositivo FXO’.
FXO e FXS estão sempre em pares, de modo semelhante a um plug macho / fêmea.
Sem um PBX, um telefone fica conectado diretamente à porta FXS fornecida por uma companhia telefónica.
FXS / FXO sem PBX

Se você tiver um PBX, as linhas fornecidas pela companhia telefónica estarão conectadas a um PBX, assim como os telefones. Portanto, o PBX deve ter tanto as portas FXO (para conectar com as portas FXS fornecidas pelas companhias telefónicas) quanto portas FXS (para conectar os aparelhos de telefone e fax).
FXS / FXO com PBX

FXS & FXO & VoIP

Você vai se deparar com os termos FXS e FXO quando decidir comprar equipamentos que permitam a conexão de linhas analógicas ao sistema de telefonia VoIP, telefones analógicos ao sistema de telefonia VoIP ou PBXs tradicionais ao provedor de serviços VoIP, ou um ao outro via Internet.
O gateway FXO
Para conectar linhas telefónicas analógicas a um IP-PBX, você precisa de um gateway FXO. Isso permite que você conecte a porta FXS à porta do gateway, o que transforma uma linha telefónica analógica em uma ligação VoIP.

O gateway FXS
O gateway FXS é usado para conectar uma ou mais linhas de um PBX convencional a um sistema de telefonia VoIP ou a um provedor. É preciso um gateway FXS para conectar as portas FXO (que normalmente estão conectadas à companhia telefónica) à Internet ou a um sistema VoIP.​

Adaptador FXS aka adaptador ATA
O adaptador FXS é usado para conectar o telefone ou fax analógico a um sistema de telefonia VoIP ou a um provedor VoIP. É necessário porque é preciso conectar a porta FXO do telefone ou aparelho de fax ao adaptador.

Conexão

Procedimentos FXS/ FXO – funcionamento técnico

Se quiser saber mais detalhes técnicos sobre o funcionamento das portas FXS/ FXO, esta é a seqüencia exata:
Ao realizar uma chamada:

  1. Tire o telefone do gancho (dispositivo FXO). A porta FXS detecta que o telefone está fora do gancho.
  2. Digite um número de telefone, que é transmitido à porta FXS em Tom Duplo de Multifrequência (DTMF).

Ligação interna

  1. A porta FXS recebe a ligação, e então envia um impulso tônico (som) ao dispositivo FXO anexado.
  2. O telefone toca.
  3. Assim que alguém atende, pode responder a chamada.

Finalizando uma ligação – normalmente a porta FXS conta com qualquer dispositivo FXO conectado para finalizar a ligação.
Nota: A linha de telefonia analógica transmite aproximadamente um potência de 50 volts DC à porta FXS. É por isso que alguns sentem um ‘leve’ choque ao tocar numa linha telefónica conectada. Isso permite que a ligação continue em caso de interrupção de energia.

Informações sobre o Gateway VoIP – Aprenda sobre os Gateways VoIP

Um Gateway VoIP é um dispositivo que converte os sinais de voz para o protocolo IP, que por sua vez, os transmite através de redes de dados. São usados de duas formas:
1. Para converter linhas telefônicas/PSTN ao VoIP/IP:
Nesse caso, o gateway VoIP permite o recebimento e a realização de chamadas pela rede de telefonia convencional. Em se tratando de empresas, é preferível continuar usando linhas telefónicas tradicionais porque podem garantir maior qualidade e disponibilidade.
2. Para conectar um sistema de telefonia convencional/PBX à rede IP:
Nesse caso, o Gateway VoIP permite a realização de chamadas via VoIP. As chamadas podem ser realizadas por um provedor de serviço VoIP ou, no caso de uma empresa com vários escritórios, o custo das ligações internas pode ser reduzido com ligações via Internet. Os Gateways VoIP estão disponíveis como unidades externas ou cartões PCI. A grande maioria dos dispositivos é de unidades externas. Um Gateway VoIP terá um conector para a rede IP e uma ou mais portas de conexão para as linhas telefónicas.

Um Gateway VoIP analógico Mediatrix
Tipos de Gateways VoIP

1. Unidades analógicas: usadas para conectar linhas telefónicas analógicas convencionais. As unidades analógicas operam entre 2 e 24 linhas.
2. Unidades digitais: usadas para conectar linhas digitais, uma ou mais linhas BRI ISDN (Europa), uma ou mais linhas PRI/E1 (Europa) ou uma ou mais linhas T1 (Estados Unidos).
Fabricantes de Gateway VoIP

Há vários Gateways VoIP disponíveis hoje em dia e com o grande aumento de demanda, os preços baixaram consideravelmente. Os Gateways VoIP analógicos custam uma faixa mínima de US$ 200. Abaixo uma lista de fabricantes de Gateway VoIP:

Todos podem ser comprados online através das várias lojas de produtos VoIP.

Tipos de Telefones IP / Telefones VoIP

Um sistema de telefonia VoIP requer o uso de telefones IP / telefones VoIP. Os telefones IP estão disponíveis em vários tipos/versões:
Telefones IP / VoIP – software IP
O software IP é um programa que utiliza os auriculares e as colunas de som do seu computador ou um set anexado para permitir que você faça e receba ligações. Exemplos de telefones IP são a SJPhone da SJlabs (http://www.sjlabs.com), a Xten (http://www.xten.net) ou o Telefone

Telefones VoIP USB
Um telefone USB conecta-se à porta USB de um computador e, com o software IP/ VoIP, funciona da mesma forma que um telefone. Em essência, não é mais que um auricular com colunas. No entanto, como se parece com um telefone comum, o utilizador o utiliza intuitivamente com facilidade.

Hardware IP
O hardware IP parece e funciona como um ‘telefone’ comum. No entanto, está conectado diretamente a uma rede de dados. Esses telefones têm um mini hub integrado, de modo que podem compartilhar uma conecção de rede com o computador. Dessa forma, não é preciso um ponto de rede adicional para o telefone. Um exemplo de hardware IP é a Grandstream (http://www.grandstream.com/).

Use um telefone analógico via adaptador ATA
Se quiser usar seu telefone atual com um sistema de telefonia VoIP, você pode usar um adaptador ATA, que o permite conectá-lo à tomada da rede Ethernet no adaptador, e então conectar o telefone ao adaptador. Dessa forma, seu telefone antigo vai funcionar com o sistema de telefonia VoIP como se fosse um telefone IP.

O adaptador ATA permite que um telefone analógico seja conectado a um sistema VoIP

Fonte: http://www.hardware.com.br/comunidade/ip-codecs/717663/

Qualquer dúvida adicione nosso suporte via skype: life-sip.suporte

 

contatoshome

Tecnologia em PABX IP, tecnologia e inovação em sistemas de telecomunicações e TI.
Abrir Chat
1
Precisa de ajudar?
Olá, como podemos te ajudar neste momento?